Busca
Busca
Veículos usados: 7 dicas para garantir uma boa compra

Veículos usados: 7 dicas para garantir uma boa compra

Veículos usados: dicas para uma boa compra

Um carro zero quilômetro nem sempre é a melhor opção na hora da compra. Mais acessíveis, os veículos usados, também conhecidos como seminovos, podem resultar no melhor custo-benefício.

Porém, a fim de que a aquisição seja realmente vantajosa, é preciso seguir algumas dicas. Pensando nisso, criamos um post com 7 sugestões para te ajudar na hora de escolher entre veículos usados. Confira: 

1- Pesquise muito

A compra de carro não deve ser feita por impulso. Assim, apesar de ser um objeto de desejo, o automóvel deve ser adquirido sem pressa. Faça muitas pesquisas na Internet, converse com amigos e se prepare antes de conversar com um vendedor. Ao seguir esses passos, é fácil perceber que suas chances de encontrar o melhor custo-benefício aumentam consideravelmente! 

2 – Conheça a procedência dos veículos usados

Entender bem a origem do carro que você pretende adquirir pode evitar uma série de problemas futuros. Com os dados do automóvel, é possível usar o site do Detran para extrair uma série de informações, incluindo multas pendentes ou sinistros (inclusive de roubos). 

3 – Faça as principais vistorias

Encontrou um carro usado que te agrada pelo conforto, modelo, preço ou cor? Isso não é o bastante. Existem alguns aspectos que você deve notar em veículos usados:

  • Quilometragem: entender quanto o automóvel foi rodado é um aspecto que deve ser considerado na compra de qualquer seminovo. Carros com baixa quilometragem são valorizados e, consequentemente, mais caros. Enquanto isso, os mais utilizados exigem uma vistoria feita com mais atenção e minúcia; 
  • Pneus: mesmo uma rápida vistoria em veículos usados deve contar com uma boa análise dos pneus e do estepe. Desconfie de produtos extremamente brilhantes e repare nos frisos;
  • Bateria: um automóvel seminovo com uma bateria ruim pode te deixar na mão em poucas semanas. Por isso, busque o selo do Inmetro nessa peça. 

Outra dica importante é sempre fazer a vistoria de veículos usados durante o dia e fora dos períodos de chuva. O tempo nublado e a escuridão podem disfarçar algumas avarias. Imagine que frustrante só notar os defeitos depois que o negócio tivesse sido fechado? Por isso, faça desse conselho uma regra! 

4 – Conte com um mecânico de confiança

Mesmo se você adora carros e tem bons conhecimentos no assunto, nunca deixe de contar com o auxílio de um mecânico da sua confiança. Pense que esse profissional estará preparado para ver pequenas avarias que você não notaria. A melhor das avaliações é dividida entre o visual, como a parte interna e lataria, e o aspecto mecânico, que envolve motor, freios, etc. 

5 – Faça um test drive

Veículos usados: faça o test drive

Antes de adquirir veículos usados, é extremamente importante testá-los. Utilizando o automóvel, você consegue observar pontos importantes, como conforto e direção. Além disso, observe o funcionamento de todos os acessórios de carro, como ar-condicionado e central multimídia, por exemplo.

Quando você já tem em mente o modelo ideal, o que acha de procurá-lo em uma plataforma de carsharing como a moObie? Você pode encontrar o mesmo modelo – inclusive no mesmo ano de fabricação – e ainda pedir a opinião do proprietário sobre a experiência com o veículo, tendo uma visão bem mais real.  

Quando falamos de concessionárias e proprietários, desconfie daqueles que não permitem o test drive. Quando falamos de seminovos, dar uma volta no carro é um passo fundamental antes de adquirí-lo. 

6 – Procure garantias nos veículos usados

Antes de levar para casa um seminovo, é preciso conhecer algumas das revisões e garantias de fábrica. No manual do proprietário, busque informações sobre o assunto. Se adquirir o veículo usado com um proprietário, por exemplo, negocie uma garantia por escrito de 3 a 6 meses sobre peças importantes, como bateria, amortecedores e freios. 

7 – Pense na revenda 

Mesmo se você pretende ficar com o carro seminovo durante algum tempo, é importante pensar em uma possível revenda no futuro. Dessa maneira, pesquise sobre a marca e veja o nível da desvalorização de seus automóveis.

Evite os veículos usados que já saíram de linha, pois sua manutenção é mais cara. Além disso, sua depreciação é maior do que em os outros carros. Carros em cores menos comuns também são mais difíceis de serem vendidos. 

Gostou das nossas dicas para garantir uma boa compra de veículos usados? Então, deixe seu comentário abaixo! 

Entre na discussão