Busca
Busca
Financiamento de carros: 5 dicas para acertar

Financiamento de carros: 5 dicas para acertar

Financiamento de carros dicas

Ter um veículo próprio continua sendo um dos principais sonhos dos brasileiros. Apesar dos pequenos avanços da mobilidade urbana, uma grande parcela da população ainda sonha com um automóvel para chamar de seu. Por conta do valor agregado relativamente alto, o financiamento de carros é uma alternativa atraente para muitos.

Como esse empréstimo conta com um número mais alto de parcelas, pode ser pago durante anos. Mas, antes de optar pelo financiamento de carros, se mostra necessário encontrar algumas dicas para se certificar de que essa alternativa é ideal para você. Por isso, criamos um conteúdo exclusivo sobre esse assunto. Confira:

1 – Calcule os riscos do financiamento de carros

A lógica parece simples: se você não tem o bastante para pagar por um veículo à vista, a melhor solução é optar pelo financiamento de carros, correto? Entretanto, antes de procurar por um banco ou financiadora, organize as suas finanças. Calcule seus gastos e pense em possíveis imprevistos. 

Não se esqueça ainda de despesas extras recorrentes como o IPVA e seguro do automóvel. Além disso, antes de assinar o contrato do financiamento de carros, lembre-se de que é preciso se sentir confiante quanto ao objetivo de arcar com as prestações. Atualmente, as regras sobre atrasos estão mais rígidas e podem resultar na perda do automóvel. 

2 – Escolha o número de parcelas do financiamento de carros com cuidado 

Um erro bastante comum de pessoas que financiam o carro pela primeira vez diz respeito à escolha do número de prestações. Em linhas gerais, a negociação funciona da seguinte forma: quanto maior o número de parcelas, maior é o valor dos juros aplicados às mesmas.

Por isso, quem não dá uma entrada relativamente alta acaba pagando mais e durante mais tempo. Nesse sentido, ao fazer o financiamento de carros, priorize financiar o menor valor possível a fim de não ser afetado pelos juros. 

3 – Procure uma instituição para o financiamento 

Se você está procurando por financiamento de carro há algum tempo, provavelmente já teve acesso a muitos anúncios de financiadoras e bancos. Porém, essa decisão deve ser feita com cuidado. Antes de mais nada, busque informações sobre a reputação das instituições e consulte as condições oferecidas por cada uma. 

Aproveite a pesquisa para fazer simulação de financiamento de carro. Rapidamente, colocando informações como renda mensal, valor da entrada e número de parcelas, você consegue ter acesso a uma média das prestações do veículo. 

Dessa forma, faça buscas na Internet, converse com amigos e familiares e marque um horário para conversar com o gerente do seu banco. Nesses papos, compartilhe as informações que você levantou sobre as instituições, além das propostas de cada uma. 

4 – Escolha uma modalidade de financiamento de carros

Essa seleção é um dos principais aspectos do financiamento de carros. Cada modelo oferecido pelo mercado conta com particularidades. Sendo assim, entendê-las faz parte do processo de encontrar a melhor opção para você. 

CDC (Crédito Direto ao Consumidor)

Empréstimo oferecido por instituições financeiras para a aquisição de carros seminovos, usados ou novos. Na maioria dos casos, oferece condições de prazos e juros bastante negociáveis. 

  • Pontos positivos: é possível quitar as parcelas do financiamento de carros antecipadamente e, assim, ter alguns juros abatidos. Além disso, pode ser pago por boleto ou débito automático; 
  • Pontos negativos: oferece uma das maiores taxas de juros das operações do tipo. Além das parcelas, é preciso pagar o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e a TAC (taxa de Aprovação de Crédito), já que funciona como uma operação de crédito. 

Leasing 

Nesse tipo de modelo de financiamento de carros, você tem o veículo à sua disposição. Mas, o automóvel não fica em seu nome. Somente após a quitação de todas as parcelas se mostra possível ter a posse do veículo 100% comprovada. 

  • Pontos positivos: a negociação acontece sem a interferência de intermediários e não cobra o IOF. Sendo assim, resulta em taxas de juros inferiores ao CDC;
  • Pontos negativos: os prazos de quitação do leasing devem ser analisados com cuidado. Antes de mais nada, só é permitido antecipar sua dúvida após três meses. Na maioria dos casos, seu prazo é acima de 2 anos e o adiantamento de parcelas não resulta em qualquer desconto. Em caso de inadimplência, o cliente é obrigado a devolver o veículo sem receber nenhum dinheiro de volta. 

Consórcio 

Essa é a alternativa mais indicada para quem não possui uma quantia considerável para a entrada e não tem pressa para adquirir o automóvel. Funciona da seguinte forma: o comprador passa a fazer parte de um grupo, organizado por uma empresa, com outros consumidores. Uma vez por mês, ao pagar regularmente suas prestações, pode ser sorteado para conquistar seu veículo. 

  • Pontos positivos: é possível antecipar o consórcio ao dar lance no carro, oferecendo espécie de adiantamento das parcelas. Dessa forma, se sua proposta for a mais alta, é possível adquirir o automóvel antecipadamente. Além disso, é uma alternativa muito desburocratizada; 
  • Pontos negativos: é cobrada uma taxa de administração visando cobrir o possível não pagamento de alguns participantes. 

5 – Complemente sua renda com o carsharing

Financiamento de carros: complemente a renda com o carsharing

Falamos no decorrer do texto que é extremamente importante se certificar de que as parcelas do financiamento de carros sejam quitadas nos prazos indicados. Por isso, nossa última dica é observar esse bem como uma ferramenta de geração de renda.

O compartilhamento de carros é uma tendência cada vez mais forte no Brasil e, por meio dessa negociação, é possível possibilitar que seu veículo seja alugado durante os períodos em que o automóvel não está sendo utilizado. 

Por meio de uma plataforma confiável, como a moObie, você gera uma renda extra todo mês. E, claro, isso te ajuda na quitação das parcelas do financiamento de carros. Para entender mais sobre o car sharing, continue navegando no nosso blog para conhecer um pouco mais sobre esse assunto!

Entre na discussão