Busca
Busca
Cálculo de depreciação de veículos: você sabe o que é?
Como calcular depreciação do carro

Cálculo de depreciação de veículos: você sabe o que é?

O seu carro, assim como qualquer outro bem material de uso contínuo, tem uma vida útil. Isso significa que, com base em diversos fatores, entre eles o desgaste natural e o ano de fabricação, o mercado determina até quando ele vai funcionar adequadamente. Uma das ferramentas mais relevantes para ser utilizada na hora de negociá-lo é o cálculo de depreciação de veículos.

Esse cálculo serve para medir a perda de valor que o carro sofreu após sair da concessionária. Por meio de uma conta simples, que vamos ensiná-la neste artigo, é possível saber qual é o valor aproximado do veículo no momento da negociação.

O resultado obtido é tido como referência para que a transação seja justa para os envolvidos. Por isso, se está pensando em vender o seu carro, leia este post para entender como definir um preço competitivo.

Entenda os critérios que influenciam a desvalorização de um veículo

Diversos critérios influenciam a desvalorização de um veículo. São eles:

  • ano de fabricação e do modelo;
  • conservação do veículo;
  • excesso de personalizações;
  • histórico de acidentes.

Esses pontos normalmente são levantados no momento da negociação. É interessante conhecer esses fatores para, na medida do possível, não perder dinheiro no momento da venda ou troca do veículo.

Veja como fazer o cálculo de depreciação de veículos

Com tantos fatores envolvidos, incluindo o valor sentimental, torna-se muito difícil negociar o valor com o comprador. Felizmente, existe uma instituição mediadora, que oferece um parâmetro oficial para ser seguido. A Tabela Fipe, produzida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, mostra mensalmente o valor médio de veículos nacionais.

É interessante usá-la como referência, já que ela é desenvolvida por uma fonte oficial e respeitada em todo país. Isso garante que exista um bom indicador para o preço negociado, o que oferece mais segurança para ambas as partes.

Entretanto, também existe uma conta prática para verificar a desvalorização do veículo no prazo de 5 anos — que é a estimativa de vida útil do bem. Veja, a seguir, como fazer o cálculo.

  1. considere o valor do carro zero km e divida-o pelo tempo em que ele foi usado;
  2. divida o resultado por 12 (número de meses do ano) e tenha a estimativa;

O número obtido representa o valor de desvalorização mensal do veículo. Ou seja, depois de sair da concessionária, a cada mês, ele vai depreciar a quantia obtida por meio da conta.

Vamos a um exemplo! Simulemos a depreciação de um carro que custou R$40.000,00 e foi usado por 5 anos:

R$40.000,00/ 5 = R$ 8.000,00 (valor médio da desvalorização anual)

R$8.000,00 / 12 = R$666,66 (valor médio da desvalorização mensal)

Aprendeu a fazer o cálculo de depreciação de veículos? A desvalorização do veículo é inevitável, vai acontecer com o carro parado ou sendo usado, mas isso não significa que não é possível ganhar dinheiro com ele. Existem alternativas que lhe dão a chance de ganhar uma renda extra e ainda contribuir para a mobilidade urbana. Um ótimo exemplo disso é o compartilhamento de veículos!

Quer começar a ganhar dinheiro com o seu carro? Entenda melhor como compartilhar o seu veículo e obter uma renda extra com isso.

Ganhe dinheiro alugando seu carro para outras pessoas

A moObie é uma plataforma que conecta quem tem um carro com quem precisa de um temporariamente.

Descubra como ganhar!

Entre na discussão