Busca
Busca
Conheça os equipamentos essenciais de um carro completo
Conheça os equipamentos essenciais de um carro completo

Conheça os equipamentos essenciais de um carro completo

O que é um carro completo? É possível que você tenha essa resposta na ponta da língua. Porém, não existe um consenso entre todos os condutores sobre esse tema. Afinal, muitos fatores podem ser levados em consideração na descrição de um veículo do tipo. Além dos itens de série dos saídos de fábrica, existem alguns equipamentos essenciais que precisam compor um automóvel que seja, realmente, completo. 

Como muito se fala sobre o assunto, resolvemos criar um conteúdo exclusivo sobre carros completos. Conhecendo os acessórios obrigatórios de um veículo, você se certifica de que seu automóvel está dentro da lei e evita qualquer tipo de multa. Além disso, vamos falar um pouco sobre a definição de um carro completo na hora da compra. Confira: 

Equipamentos obrigatórios em um carro completo

Equipamentos obrigatórios em um carro completo

A maioria dos condutores não sabe, porém existem dezenas de itens que são considerados obrigatórios em automóveis. Quando esses acessórios não fazem parte do seu carro ou apresentam qualquer tipo de mau funcionamento, você está cometendo uma infração de trânsito! 

Essa regulamentação foi criada pelo Conselho Nacional de Trânsito, ou Contran, por meio da resolução 14/1998. Segundo as normas, todo veículo transitando em vias públicas deve possuir os equipamentos obrigatórios listados a seguir: 

  • Buzina;
  • Chave de roda;
  • Cintos de segurança;
  • Dispositivo para controle de ruído (em veículos com motor a combustão);
  • Espelhos retrovisores;
  • Faróis dianteiros (brancos ou amarelos);
  • Ferramenta para a remoção de calotas (como uma chave de fenda);
  • Freios de estacionamento e de serviço com comandos independentes;
  • Lanterna de iluminação da placa traseira do carro (branca);
  • Lanterna para a marcha à ré (branca);
  • Par de lanterna de freio (vermelha);
  • Lanternas dianteiras de direção (âmbar);
  • Lanternas traseiras de direção (âmbar ou vermelha);
  • Equipamento de lanternas traseiras de posição (vermelha);
  • Lavador de para-brisas;
  • Limpador de para-brisas;
  • Luzes de posição dianteiras (brancas ou amarelas);
  • Macaco;
  • Para-choques;
  • Para-sol do condutor;
  • Pneus;
  • Roda sobressalente, com o aro e pneu;
  • Triângulo de sinalização;
  • Velocímetro.

Apesar da lista ser longa, é de extrema importância garantir que seu automóvel possua todos esses componentes! 

Outros elementos dos carros completos

Digamos que você pretenda comprar um veículo. Nesse caso, a definição de um carro completo pode ser um pouco diferente. Além de todos os equipamentos obrigatórios descritos acima, existem os recursos que podem acompanhar – e diferenciar – um automóvel na hora da aquisição. 

Conhecidos como itens de série ou opcionais, são os recursos que valorizam um veículo. Como o assunto é de grande importância, já falamos aqui no blog sobre oito acessórios que podem aumentar o preço do seu automóvel na hora da venda ou do aluguel compartilhado na moObie

Antes da escolha, se mostra importante considerar alguns fatores:

  • O modelo do veículo diferencia bastante o conceito de carro completo. Por exemplo, em algumas opções mais populares, ar, direção hidráulica e travas elétricas são todos os recursos que acompanham o automóvel. Entretanto, em opções de maior custo agregado, é possível adquirir airbag, teto solar, banco de couro como diferencias saídos de fábrica;
  • Em alguns casos, se mostra interessante negociar na concessionária na aquisição dos recursos e tornar seu carro completo. Para isso, pesquise anteriormente o valor médio de instalação de equipamentos a fim de tomar a melhor decisão. 

Gostou de conhecer um pouco sobre as características e definições de um carro completo? Então, não deixe de contar para a gente: o que é um veículo, realmente, completo para você? 

Entre na discussão