Busca
Busca
Como funciona uma plataforma de compartilhamento de carros?

Como funciona uma plataforma de compartilhamento de carros?

Não há dúvidas de que o mundo está evoluindo cada vez mais rápido. Assim, surgem novas formas de consumo, como por exemplo, a economia compartilhada, que é uma prática de dividir o uso de bens e serviços entre pessoas.

Neste post, detalharemos mais sobre o compartilhamento de carros, uma das tendências da economia colaborativa.

O que é uma plataforma de compartilhamento de carros?

Antes de explicarmos as regras que regem esse tipo de negócio, é importante esclarecermos o conceito por trás da plataforma de compartilhamento de carros. Ela pode ser definida como um modelo de negócios no qual a pessoa anuncia em uma plataforma o aluguel de automóvel para outras que precisam se locomover durante algumas horas ou dias e não querem adquirir diretamente um veículo.

A locação por meio de plataformas funciona de maneira parecida com o que acontece nas locadoras tradicionais. No entanto, nesse caso, o locatário entra em contato com o proprietário para a locação.

Quais as regras para os locatários e locadores?

A plataforma de compartilhamento de carros estabelece regras tanto para os locatários quanto para os locadores. Essas determinações ajudam a garantir mais segurança tanto para os proprietários dos veículos quanto para as pessoas que vão alugá-lo.

Locatário

Antes de anunciar o carro para o aluguel, é importante levar alguns critérios em consideração. A primeira coisa é que o automóvel precisa ter o ano de fabricação a partir de determinado período definido pela plataforma. Na moObie, por exemplo, é a partir de 2008.

Além disso, é necessário que o carro tenha um seguro vigente e não tenha rodado mais do que 100.000 km. Outro aspecto fundamental é que a manutenção do carro precisa estar em dia — qualquer problema detectado fica sob responsabilidade do locatário antes do aluguel. A documentação também é outro item essencial: ela precisa estar atualizada, principalmente àquelas relacionadas ao IPVA e ao licenciamento do veículo, e, obrigatoriamente, deve estar ligada a uma pessoa física.

A partir disso, o proprietário pode cadastrar os dados do veículo na plataforma, devendo, para tal, contar com fotografias de qualidade e descrições reais, a fim de que o locador possa saber a real situação do carro. Informações básicas, como telefone, nome e documentos pessoais, também são exigidas para garantir a segurança de quem fará a locação.

Locador

O locador também precisa seguir algumas recomendações. A primeira delas diz respeito à CNH. Obrigatoriamente, ele precisa ter a carteira de habilitação permanente, ou seja, pessoas com permissão para dirigir não podem locar veículos de acordo com o regulamento de algumas plataformas.

A partir disso, ele terá que cadastrar nome, endereço, CPF, telefone para contato, forma de pagamento e outros detalhes que variam entre as plataformas.

Quais as vantagens de apostar na plataforma de compartilhamento?

Muitas vantagens podem ser obtidas ao cadastrar o veículo em uma plataforma de compartilhamento de carros. Falaremos sobre algumas delas a seguir!

Maior segurança

Alugar um veículo por conta própria não o resguardará caso algum imprevisto aconteça. As plataformas auxiliam ambas as partes a resolverem problemas. Por exemplo, se houver alguma infração, todo o suporte será dado ao locador, que terá acompanhamento desde o momento de transmissão de pontos até o pagamento da multa.

Seguro para o carro

O carro precisa vir com um seguro próprio – em nenhum momento o este seguro será acionado, ele serve somente para garantir que o carro passou por uma vistoria e está em boas condições. Além disso, as plataformas oferecem o adicional de um seguro com cobertura compreensiva. Caso algum problema ocorra durante a locação, o condutor será responsabilizado, sendo que o seguro particular não será acionado.

Ademais, os locatários podem ficar tranquilos quanto aos locadores, pois eles passam por um processo de verificação do tempo de CNH, histórico no DETRAN (infrações, multas etc.), bem como verificação de pendências financeiras, entre outros.

Renda extra

Uma das maiores vantagens de colocar o carro em uma plataforma para aluguel é a possibilidade de renda extra. Por exemplo, se o seu carro for alugado alguns dias da semana, é possível ganhar mais de R$ 1.000,00.*

Imagine que você tenha um carro que fique ocioso a maior parte do tempo. Você poderá colocá-lo para rodar, e o que gasta poderá ser usado para mantê-lo e ainda sobrará um bom montante ao final do mês para que você use da forma desejada.

Estímulo ao consumo consciente

Vivemos em uma era em que o consumo consciente se tornou aspecto básico para a vida em sociedade. A economia compartilhada veio não só para ajudar as pessoas a terem mais cuidado com os recursos naturais, mas também para estimulá-las a gastar o dinheiro de maneira mais adequada.

Tanto os locadores quanto os locatários de carros compartilhados ajudam a reduzir os impactos que os veículos causam no meio ambiente, além de economizarem gastos e reduzirem o reflexo que vários veículos próprios trazem para o trânsito.

O dono do automóvel ainda terá a possibilidade de manter o carro sem precisar retirar dinheiro do orçamento familiar e de complementar a renda, dependendo do número de locações. O locatário, por sua vez, tem a oportunidade de alugar um carro por preços mais vantajosos que os praticados pelas locadoras tradicionais.

Quais as tendências para os próximos anos?

É importante ressaltar que as plataformas de compartilhamento de carros no Brasil ainda estão engatinhando, mas têm muito potencial pela frente, visto que as pessoas estão se conscientizando cada vez mais sobre o consumo sustentável.

A ideia é que, nos próximos anos, esses serviços sejam cada vez mais usados, principalmente, como alternativa para desafogar o trânsito das grandes metrópoles. Segundo a Frost & Sullivan, em 2015, eram mais de 7 milhões de veículos compartilhados pelo mundo — a expectativa é que, até 2025, esse número suba para 36 milhões.

Então, se você ainda tinha dúvidas de que essa era uma boa opção, pôde ver no artigo que, além de segura, ela é bastante promissora.

Quer se inscrever em uma plataforma de compartilhamento de carros e começar já a ganhar um dinheiro extra? Entre em contato conosco para saber mais!

Entre na discussão